FUTSAL

Sara Moura esteve presente no programa Amor à Camisola do Canal 11

2019-10-31
Sara Moura esteve presente no programa Amor à Camisola do Canal 11

A nossa atleta, Sara Moura, esteve, na tarde de ontem, dia 30, presente no programa “Amor à Camisola”, do Canal11, apresentado por Andreia Sofia Matos. Em traços gerais, a Terapeuta Ocupacional de profissão, referiu que a área que hoje segue, foi sempre a sua primeira opção na faculdade e, através das opiniões de alguns conhecidos, surgiu a paixão pelo curso. Após terminar a faculdade, surgiu a oportunidade de representar o Desportivo Jorge Antunes e a atleta afirmou que, na altura, assinou sem hesitar.

Em 2011, realizando um dos seus grandes sonhos, juntou-se ao projeto da Médicos no Mundo, que presta apoio a pessoas vulneráveis quer a nível nacional, quer a nível internacional.  Sara Moura salientou que trabalha atualmente com população sénior e, “as pessoas ficam muito gratas por aquilo que fazemos”, reforçou. Em março do presente ano civil, parte de Moçambique foi assolada pelo Furacão Idai que causou mais de 600 mortos e outras centenas de desalojados. Surgiu, então, através de uma parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa, a oportunidade de ir para o terreno e, segundo Sara Moura, “tudo foi organizado em três, quatro dias, faria tudo de novo e sou muito grata por tudo aquilo que tem acontecido na minha vida, afirmou.” Em quatro dias foi organizada a equipa que partiu para Moçambique com 33 toneladas de ajuda humanitária que foi recolhida. A atleta, de 31 anos, reforçou a ideia de que “quem passa por estas missões acaba por relativizar os problemas que se vivem cá”, sendo depois surpreendida pelas suas colegas de trabalho e amigas (Maria e Débora) que, através de mensagem de vídeo, mostraram o seu orgulho na decisão de Sara Moura. Também Pisko, atual atleta da seleção nacional e uma das melhores amigas de Sara, lhe endereçou uma mensagem de saudação por todo o trabalho desenvolvido em prol das comunidades mais desfavoráveis.

Quanto ao futuro, Sara Moura garante a vontade de continuar a conciliar o Futsal com a Terapia Ocupacional, as suas grandes paixões.